Álbum: Jeneci, De graça

Álbum

Confesso ter um pouco de preconceito com música brasileira, ou melhor, música nova brasileira. Não que boas opções não existam, ao contrário. Existe muita música boa atualmente. Mas tem também muita cópia, sem profundidade. Um amigo me indicou esse cantor (e instrumentista), o Jeneci, ouvi algumas músicas no Soundcloud, com certo preconceito e não dei muita atenção. Me dei algum tempo, e em algum momento surgiu esse CD na minha tela e eu decidi baixar. A música desse CD me deu certo otimismo para essa nova música.

Abaixo, a música número 4, do CD De graça, do Jeneci. Nessa música ele somente toca, Harpsichord e Piano e quem canta é Laura Lavieri:


(Jeneci – Tudo bem, tanto faz)

(Agradecimento especial ao LP que fez essa indicação)

Kaskade e Tim Healey no Rio

O Lollapalooza em São Paulo se tornou aquele evento em que nós esperamos encontrar aquela banda que gostamos muito e que todo mundo está ouvindo, principalmente por causa dos setlists montados nas duas primeiras edições. Esse final de semana estava no Rio, por causa do feriadão, e disse pra um amigo que o Kaskade deveria estar no setlist desse ano e por uma coincidência, ele havia ouvido que no sábado ele tocaria na cidade. Uma ótica coincidência. Eles tocaram no Chemical Music Festival, que aconteceu na Marina da Glória (16/11/2013). Gravei dois vídeos abaixo da apresentação. O audio não está muito bom, mas vale a pena pelo efeito visual da apresentação.


(Kaskade – Don’t stop dancing)


(Kaskade – Why ask Why)

Também gravei um trecho do da apresentação do Tim Healey, que tocou no mesmo festival:


(Tim Healey)

Bem, o Kaskade não tocará no Lollapalooza (o setlist foi divulgado há alguns dias), mas essa apresentação já cumpriu o papel.

Random Access Memories

O novo cd do Daft Punk é acusado de, em meio ao momento mais pop da musica eletrônica dance e depois de de ter sido o grande precursor dessa categoria, lançar o CD que menos se encaixa nela. Randon Access Memories é repleto de material instrumental e foi gravado com a companhia de nomes pesados, como Paul Williams, conhecido como o compositor dos Muppet Baby’s e Panda Bear do Animal Collective, e populares como o de Pharrell Williams e Julian Casablancas, presente na mais pop das músicas desse álbum. O álbum incluí uma faixa documentário sobre Giorgio Moroder, um dos introdutores da música eletrônica, na década de 60, inspirada na entrevista de Alfred Hitchcock, feita pelo diretor François Truffaut em 1967, segundo Bangalter, um dos braços da dupla. Não trata-se de um material facilmente assimilável pelo público da popular música eletrônica atual, mas um álbum de rock progressivo, altamente conceitual, que reconstrói a música dance através de engenharia reversa.

Capa do novo álbum do Daft Punk

Reintrodução

Achar que as coisas precisam ser perfeitas demais podem fazer com que você fique paralizado. O único antidoto para isso, é aceitar que erros são possíveis e uma ótima oportunidade pra aprender.